You are currently viewing FRENTE DE ASSISTÊNCIA A CRIANÇA CARENTE – abr/maio/jun 2021

FRENTE DE ASSISTÊNCIA A CRIANÇA CARENTE – abr/maio/jun 2021

Download
Download is available until [expire_date]
  • Version
  • Download 1
  • Tamanho do Arquivo 0.00 KB
  • File Count 1
  • Data de Criação 25 de outubro de 2021
  • Ultima Atualização 19 de janeiro de 2022

FRENTE DE ASSISTÊNCIA A CRIANÇA CARENTE - abr/maio/jun 2021

A FACC – Frente de Assistência à Criança Carente é organização não governamental de direito privado sem fins lucrativos, atua na cidade Fortaleza, e
alguns municípios do estado do Ceará. Atende crianças, adolescentes e seus familiares e surgiu a partir da necessidade na comunidade, da existência de
programas que promovessem a inclusão e cidadania de crianças, adolescentes e jovens e suas famílias, contribuindo no fomento para a construção de
estratégias para enfrentamento das adversidades a que são expostos diuturnamente em seu cotidiano. Foi constituída por lideranças do bairro, que
percebendo essa necessidade decidiram organizarem-se buscando financiamento de projetos através de doação e submetendo - se a editais de
financiamento com foco no atendimento social e garantia de direitos de populações de comunidades em vulnerabilidades social e de direitos. Atende
cerca de 200 indivíduos de forma direta e cerca de 500 de forma indireta, através de Programas/ projetos sociopolíticos com atividades culturais,
advocacy e promoção e Controle Social, para tanto conta com a participação de 26 (vinte e seis) colaboradores, que atuam voluntariamente em duas
frentes, liderança comunitária e diretoria e 07 (sete) profissionais que compõem a gestão e equipe técnica. A OSC tem como missão, oferecer um
trabalho social que gere impacto positivo em âmbito pessoal e comunitário de pessoas em situação de vulnerabilidades os valores da organização são:
• Educação para a vida (Formação Humana e Cidadã);
• Respeito;
• Solidariedade Social
A FACC tem como visão, ser referência de trabalho social, voltado para as causas humanitárias e contribuir na construção de uma cultura de paz social,
através da transformação e melhoria da condição de vida de seus atendidos.